Tipos e categorias de criptomoedas


Os três principais tipos de criptomoeda

Bitcoin

Bitcoin (BTC) foi a primeira criptomoeda a ser criada e continua sendo a criptomoeda líder mundial em valor de mercado. Bitcoin é um sistema de pagamento eletrônico ponto a ponto global que permite às partes negociar diretamente entre si, sem a necessidade de um intermediário, como um banco.

O white paper Bitcoin, que descreveu como essa nova moeda revolucionária funcionaria, foi lançado em 2008, e a rede Bitcoin foi lançada em 2009. Desde seu lançamento, o Bitcoin não experimentou nenhum tempo de inatividade, permitindo que qualquer pessoa transfira valor a qualquer momento e de qualquer lugar.

O criador do Bitcoin atende pelo pseudônimo Satoshi Nakamoto, sua identidade real permanece desconhecida até hoje. Também não está claro se Nakamoto representa uma única pessoa ou um grupo de indivíduos que trabalharam no projeto Bitcoin.

O bitcoin é frequentemente considerado a alternativa digital às moedas fiduciárias e ao ouro. Isso ocorre porque o Bitcoin pode ser gasto e economizado exatamente como o dinheiro tradicional, mas também é um recurso finito escasso e, portanto, uma boa reserva de valor como o ouro .

Altcoins

O lançamento do Bitcoin e seu código-fonte aberto em 2008 pavimentou o caminho para a criação de milhares de outras criptomoedas. Essas novas moedas foram apelidadas de 'moedas alternativas' ou 'altcoins', pois são alternativas ao Bitcoin.

Embora alguns tenham um propósito semelhante ao Bitcoin, outros tipos de criptomoedas, como altcoins, na verdade, abrangem uma ampla gama de usos diferentes. Por exemplo, Ethereum (ETH), o primeiro blockchain programável do mundo, permite que os desenvolvedores criem e implantem aplicativos descentralizados (DApps) e contratos inteligentes.


O IOTA foi projetado especificamente para ser uma nova camada de transferência de dados e liquidação de transações para a economia da máquina e a Internet das Coisas (IoT).


A IOTA também usa sua própria tecnologia de razão distribuída proprietária, chamada de Emaranhado.

Litecoin (LTC) é uma moeda ponto a ponto e rede de pagamento global semelhante ao Bitcoin. Na verdade, o criador do Litecoin, Charlie Lee, afirma que sua intenção era que o Litecoin fosse uma criptomoeda complementar ao Bitcoin.

Como o Bitcoin, todos os altcoins são capazes de operar independentemente em suas próprias redes, utilizando a tecnologia de razão distribuída (DLT). O tipo mais famoso e comumente usado de DLT é a tecnologia blockchain, que foi apresentada ao mundo por Satoshi Nakamoto via Bitcoin. Embora todas as moedas usem DLT, variações no código subjacente de cada protocolo são o que dá às altcoins seus próprios atributos exclusivos.

Existem pelo menos 856 altcoins existentes de acordo com dados da CoinMarketCap, e os 5 principais altcoins por capitalização de mercado são Ethereum , Ripple (XRP), Bitcoin Cash (BCH), Litecoin e EOS.IO (EOS) .

Tokens

Ao contrário do Bitcoin e do Altcoins, os tokens não podem operar de forma independente e dependem da rede de outra criptomoeda. Isso significa que eles não têm seu próprio DLT ou blockchain subjacente, mas, em vez disso, são construídos sobre o blockchain de uma criptomoeda existente.


Categoria de criptomoedas


Assim como em outros mercados como bolsa de valores no Brasil e nos Estados Unidos, no qual são negociadas ações de empresas de diversos segmentos, também existe uma classificação para as criptomoedas onde suas soluções tem direções específicas para a economia como um todo.

Criptomoedas de pagamento

Criptomoedas de pagamento podem ser consideradas como dinheiro digital operado por uma rede distribuída de computadores executando um software blockchain compartilhado. Alguns se concentram em tentar competir com o dinheiro fiduciário, enquanto outros se concentram em pagamentos para um caso de uso ou setor específico. As redes de criptomoedas com o objetivo de interromper os pagamentos normalmente não têm muitos recursos além daqueles necessários para definir, transferir, registrar e proteger as transações na rede. Alguns podem considerar o Bitcoin, a criptomoeda original, como um bom exemplo de criptomoeda de pagamento, pois foi projetada como uma alternativa às moedas fiduciárias tradicionais. A maioria das outras criptomoedas de pagamento disponíveis busca melhorar o Bitcoin de várias maneiras, desde escalabilidade até velocidade. As criptomoedas garantidas por ativos também podem ser classificadas como criptomoedas de pagamento. Esses ativos criptográficos são geralmente vinculados a ativos mais tradicionais e oferecem os benefícios de eficiência e transparência da criptomoeda, ao mesmo tempo que oferecem exposição de preço a formas de valor mais estabelecidas.

Criptomoedas de serviço

As criptomoedas de serviço podem oferecer ferramentas para gerenciar dados pessoais ou corporativos no blockchain. Sua semelhança está em ajudar produtos financeiros baseados em blockchain a acessar e examinar fontes de dados externas. Muitas criptomoedas de serviço funcionam para fornecer aos usuários identidades digitais e vincular os registros individuais do mundo real ao blockchain. Existem muitos casos de uso para mesclar a tecnologia blockchain com aplicativos do mundo real. Eles podem variar de criptomoedas que fornecem vários serviços para o setor de saúde (por exemplo, Dentacoin) a criptomoedas que oferecem serviços de armazenamento de arquivos (por exemplo, Storj , Siacoin ).

Criptomoedas de mídia e entretenimento

Assim como o nome sugere, as criptomoedas de mídia e entretenimento buscam recompensar os usuários por conteúdo, jogos, jogos de azar ou mídia social. Por exemplo, uma criptomoeda de mídia e entretenimento, como o Basic Attention Token, visa distribuir melhor o valor de forma equitativa para criadores e consumidores. Por último, criptomoedas de mídia e entretenimento também são usadas para alimentar mundos digitais acessados ​​por meio de tecnologias de realidade virtual e aumentada.


#bitcoin #ethereum #zcash #ripple #xrp #monero #criptomoedas #educação #educacao

4 visualizações0 comentário